Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco
6 viagens para aproveitar as férias da Páscoa 6 viagens para aproveitar as férias da Páscoa

6 viagens para aproveitar as férias da Páscoa

6 viagens para aproveitar as férias da Páscoa

As férias da Páscoa são o momento ideal para uma pausa e, quem sabe, fazer uma viagem, aqui por perto ou até aproveitar para um mergulho nas Caraíbas…


Publicado em 11-Abr-2019

Sevilha

Não haverá destino mais apropriado para passar a Páscoa do que Sevilha. A festa da Semana Santa, este ano entre os dias 14 e 21 de abril, realiza-se desde o século XVI e tem fama mundial, com mais de 50 procissões (organizadas por confrarias) a percorrer as ruas, engalanadas a rigor. La Madrugá, a noite de 18 para 19, é a noite mais importante, com a procissões a desfilarem por ordem de antiguidade, sendo a primeira a Hermandad del Silencio e a última a Hermandad de los Gitanos. É também nesta madrugada que se realizam algumas das mais populares e emocionantes como El Gran Poder, La MacarenaLa Esperanza de Triana. Um espetáculo único para os sentidos, que deve ser acompanhado por muitas tapas e um bom vinho, nos bares e esplanadas desta bela cidade andaluza.


Ilhas gregas

O Mediterrâneo é um dos melhores destinos de férias nesta altura do ano, em especial a Grécia. Nos meses que antecedem o verão, os hotéis não estão cheios, o atendimento é melhor e mais atencioso e o mais certo é encontrar muitos dias de sol e temperaturas amenas. Sendo a mais meridional das ilhas gregas, Creta é a mais quente e também uma das mais ricas do ponto de vista cultural: da cidade de Heraklion, onde existe um importante museu arqueológico, ao lendário palácio Knossos, há muito para visitar. Este é também o melhor momento para visitar locais como a praia de Elafonisi, um istmo no sul da ilha, cercado de água rasas e absurdamente translúcidas, que perde muito do seu encanto durante a época alta.
Ainda assim, se a ideia é fugir à confusão, escolha uma ilha como Paxos, onde o ritmo é incomparavelmente mais lento do que em qualquer outra ilha grega.


Cabo Verde

Entre as muitas viagens que poderá fazer na Páscoa, Cabo Verde é certamente um dos mais acertados. A cerca de quatro horas de voo de Lisboa e preços imbatíveis, o arquipélago oferece praias com grandes extensões de areia, bom peixe e um clima ameno o ano todo. A única questão será escolher qual a ilha certa para si. O Sal é conhecido pelos seus muitos hotéis e resorts all included, as piscinas naturais, a vila de Santa Maria ou as Salinas de Pedra Lume. Mais calma, mas com boas infraestruturas turísticas, a ilha da Boavista possui 55 km de praias e pequenas enseadas, onde é possível avistar tartarugas e baleias e também fazer mergulho ou snorkel. Ambas, são bons destinos para quem só quer mesmo sopas e descanso.
Por outro lado, se o objetivo é passear, então o ideal é fazer um périplo por várias ilhas. Santiago é a maior do arquipélago, e a primeira a ser descoberta pelos portugueses em 1460, possuindo por isso um valioso património arquitectónico, incluindo a primeira rua calcetada de África. É também aqui que fica o Tarrafal, a antiga Colónia Penal do Estado Novo, hoje museu, e também uma das mais belas praias da ilha. São Vicente é marcada pelo histórico porto de Mindelo, cidade considerada a capital cultural do arquipélago, sobretudo pela sua tradição musical (foi aqui nos seus bares que Cesária Évora iniciou a carreira), enquanto o Pico do Fogo, com a sua impressionante e inóspita paisagem vulcânica, atrai sobretudo aventureiros. Por último, a ilha de Santo Antão, a mais ocidental e também a que possui vegetação mais luxuriante, com montanhas, vales e até florestas, repletas de trilhos ideiais para trekking.


Amesterdão

Amesterdão é uma boa escolha em qualquer altura do ano, mas a Primavera tem um encanto sempre especial. O mercado de flores flutuante Bloemenmarkt está ao rubro, tal como o Keukenhof, o parque de flores mais famoso da Holanda, onde crescem 800 variedades de tulipas (mais de sete milhões de bolbos são plantados a cada ano). Com 32 hectares, o parque é um lugar único, pelos cenários coloridos e as muitas atividades que proporciona para toda a família, desde workshops de arranjos florais, a passeios de avião (num Royal DC-3 Dakota) ou caças ao tesouro. Fica a apenas 30 minutos de carro do centro da cidade e este ano está aberto até 19 de maio. Se prolongar as férias da Páscoa até mais tarde, no dia 27 de abril terá ainda a oportunidade de assistir às comemorações do Dia do Rei, uma grande festa laranja que se estende pelos canais, ruas e parques da cidade, e em que todos – literalmente todos – participam.


Cuba

Para quem não se importe de fazer viagens de avião um pouco mais longas, Cuba é uma opção perfeita. Até porque Abril é uma época excelente para visitar o país, o último mês da estação seca, quando as temperaturas têm a medida certa (entre 19ºC à noite e 29ºC durante o dia). Qualquer itinerário deve passar por Havana, cidade Património Mundial, repleta de edifícios históricos e de uma atmosfera festiva contagiante, enquanto Varadero ou Cayo Coco são destinos obrigatórios para quem há muito sonhava com praias de areia branca e águas azul turquesa. Por último, não deixe de visitar Trinidad, cidade colonial que convida a uma viagem no tempo e uns passos de salsa…


Malta

Provavelmente não iria lembrar-se de ir até Malta passar a Páscoa, mas saiba que em Valetta (Capital Europeia da Cultura em 2018), o evento é festejado com fervor. Durante toda a Semana Santa, a pequena capital desta ilha nação mediterrânica é palco de procissões, com bandas a marchar pelas ruas e som dos sinos das igrejas a fazer-se ouvir com intensidade. Em todo o país, são várias as dramatizações alusivas à época; há o ritual das “sete visitas” a sete igrejas diferentes para prestar homenagem aos altares de repouso (Malta e Gozo possuem um total de mais de 365 igrejas!); e ainda as muito concorridas procissões id-Duluri e de Cristo Ressuscitado (L-Irxoxt) em Valetta, com as igrejas abertas para missas e as famílias a distribuir muitos Figolli, um doce tradicional. Tudo isto sem esquecer uma caricata corrida pascoal, com a estátua de Cristo a atravessar as ruas aos solavancos… Por último, e se ainda estiver na ilha, não deixe de assistir ao Festival Internacional de Fogos de Artifício de Malta que começa na quarta-feira, 24 de abril.


No momento de reservar a sua viagem, não se esqueça que os titulares do cartão TAP FLY+, um cartão de crédito emitido pela Unicre, podem pagar viagens em três vezes (funcionalidade válida para compras realizadas na TAP de valor igual ou superior a 300 euros) e, simultaneamente, acumular milhas em todas as compras efetuadas, ou seja, por cada 1€ acumula 1 milha bónus TAP Miles&Go que pode trocar por viagens e várias ofertas em qualquer um dos parceiros do programa.