Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco

As melhores mochilas para o regresso às aulas

As melhores mochilas para o regresso às aulas

Lisas ou estampadas, com ou sem rodinhas e com lancheiras a condizer… Conheça aqui todas as novidades e algumas dicas essenciais para ter a certeza que escolhe a mochila certa para o seu filho.

Com as férias a chegar ao fim, todos os anos o ritual repete-se. A compra dos livros, sapatos, roupa nova ou uniformes e, entre todo o material escolar, o mais importante: a mochila, que vai ser usada diariamente e ser sujeita a um “tratamento difícil” durante todo o ano. A oferta é muita e variada, mas a escolha pode ser mais complicada do que parece. É importante encontrar uma mochila escolar do tamanho certo, durável, com bons acabamentos e, sobretudo, que agrade ao seu filho. O que nem sempre é fácil, já que para os mais novos e jovens adolescentes, a aparência é muitas vezes mais importante do que a função.

Em grandes superfícies comerciais ou mesmo supermercados vai encontrar ofertas para todos os gostos e bolsas, dos estampados Disney às marcas de desporto. Em sites da moda como o internacional Smallable, existem mochilas e estojos das marcas mais em voga, como a canadiana Herschel, a francesa Bakker Made With Love ou a espanhola Bobo Choses. Mas também há cada vez mais produtos made in Portugal a dar as cartas. É o caso da Monte Campo (“há 40 anos nas costas dos portugueses”), com alças e costas reforçadas, e materiais impermeáveis cujos modelos são mais indicados para adolescentes. Ou da mmi, marca nacional de acessórios intemporais que podem ser usados por mães e filhos, que acaba de lançar uma nova coleção de mochilas com padrões de flores, frutos e temas marinhos, incluindo estojos, pequenas bolsas e lancheiras a condizer. Ora veja.

  • Mochila Gardunha com fechos exteriores vulcanizados (à prova de água) e bolsa no interior para portátil, Monte Campo

    Saiba mais

    59 euros

  • Mochila Zippy Mickey azul_1599 euros

    Mochila com estampado Mickey Mouse, Zippy

    Saiba mais

    15,99 euros

  • Mochila mmi 'Watercolour Flowers', em tela de algodão com bolso exterior e bolsos laterais, na Knot

    Saiba mais

    42,90 euros

  • Estojo 'Eva All we need is Ocean', mmi na Knot

    Saiba mais

    16,90 euros

  • Mochila 100% algodão (36 cm), Pecegueiro & Filhos

    Saiba mais

    38 euros

  • Mochila com estampado Minnie Mouse/Disney, Zippy

    Saiba mais

    15,99 euros

  • Mochila 'Jeans' em tela de algodão, com reforço nas alças, costas e base, mmi

    Saiba mais

    41,90 euros

  • Lancheira com efeito isolante com pegas e alça ajustável, mmi

    Saiba mais

    26,90 euros

  • Mochila Gardunha Graffiti, Monte Campo

    Saiba mais

    53 euros

  • Mochila e lancheira plastificada personalizável, Pêra Doce

    Saiba mais

    A partir de 31,50 euros

  • Estojo melancia da coleção 'Salada de frutas', mmi na Knot

    Saiba mais

    18,90 euros

  • Mochila mmi 'Salada de frutas' com bolso exterior e bolsos laterais e reforço nas alças, costas e base, na Knot

    Saiba mais

    45,90 euros

     

    Algumas regras a não esquecer

    Ao comprar uma mochila, considere o gosto pessoal, mas não esqueça algumas regras essenciais a ter em consideração antes da decisão final:

    – Opte sempre por mochilas tradicionais de duas alças, em vez de mochilas de ombro ou de mensageiro. Duas tiras ajudam a distribuir o peso da bolsa uniformemente, em vez de colocá-lo inteiramente num só lado do corpo.

    – Escolha uma mochila do tamanho certo. Deve ter a altura das costas da criança, ou seja, não ficar nem acima dos ombros nem abaixo da cintura e não ultrapassar a largura das costas. Além disso, se a mochila for demasiado grande, o seu filho pode sentir-se tentado a enchê-la e torná-la (ainda) mais pesada.

    – As alças devem ser almofadadas, ajustáveis e ter quatro ou cinco centímetros de largura. Se possível, escolha uma com alças de cintura ou peito que prendam na frente. Isso ajudará a distribuir mais o peso.

    – O material deve ser leve e ao mesmo tempo resistente. Inspecione a mochila por fora e por dentro, e verifique se não tem costuras irregulares ou descuidadas que podem facilmente ser desfeitas. De preferência, os fechos de correr devem ter abas de tecido sobre eles para manter a água e outros elementos fora da mochila.

    – Mochilas com bolsos e divisórias são melhores para distribuir uniformemente o peso extra.

    • Mochila à prova de água, em poliéster 100% reciclado, Bobo Choses

      Saiba mais

      67 euros

    • Mochila em poliéster Vans x Marvel

      Saiba mais

      49,99 euros

    • Mochila em algodão, Bakker Made with Love

      Saiba mais

      48 euros

    • Mochila com bolso e fecho de correr, Benetton

      Saiba mais

      24,95 euros

    • Mochila média com rodas em nylon rosa, Tous

      Saiba mais

      85 euros

    • Pasta em poliéster e pele artificial, Leçons de Choses

      Saiba mais

      56 euros

    • Mochila Kånken Classic Verde, Loja Dada

      Saiba mais

      89 euros

    • Mochila de bolso triplo e trolley Gorjuss, Santoro

      Saiba mais

      71,90 euros

    • Mochila Herschel modelo 'Survey', na Smallable

      Saiba mais

      60 euros

    • Mochila Herschel, modelo 'Heritage Youth'

      Saiba mais

      59,99 euros

      Como usar corretamente a mochila

      O peso da mochila não deve ultrapassar 10 por cento do peso de quem a transporta. Acima desse valor, considera-se que a criança se encontra exposta a problemas músculo-esqueléticos da coluna vertebral. As rodinhas ajudam quando as crianças têm de percorrer longas distâncias a pé, mas é importante que a pega do trolley, quando esticada, permita ser puxada sem a criança se dobrar.

      Embalar corretamente a mochila. Os objetos mais pesados – livros, cadernos, ou portáteis – devem ser colocados mais próximos das costas. Uma boa distribuição de peso significa menos tensão nos ombros.

      Incentive o seu filho a carregar a mochila usando sempre os dois ombros. Colocar uma alça sobre um só ombro pode ser mais cool, mas coloca muita tensão num só lado do corpo.

      Ajuste as alças ao comprimento correto. A parte superior das alças deve ficar a não mais do que 5 cm abaixo dos ombros, e a parte inferior da mochila deve ficar na parte de baixo das costas (não bater nas nádegas).

      Converse com os seus filhos e também com os professores para garantir que as crianças não transportam diariamente pesos desnecessários. Com o uso de cacifos ou o estudo bem programado é possível distribuir o transporte de livros e cadernos ao longo da semana.