Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco

As melhores óperas do mundo estão em Viseu

As melhores óperas do mundo estão em Viseu

O Teatro Viriato, em Viseu, e a Gulbenkian, em Lisboa, vão transmitir, ao vivo e em alta-definição, as grandes produções do Metropolitan Opera House de Nova Iorque

A ideia é única. Trata-se de transmitir, ao vivo, a cores e com total definição, os melhores espetáculos de ópera em cena no Met de Nova Iorque. A próxima exibição ocorre já no dia 28 de outubro, com La Fanciulla del West, a ópera faroeste de Giacomo Puccini.  A soprano Eva-Maria Westbroek é a heroína desta história e o fora da lei por quem se apaixona é interpretado pelo tenor Jonas Kaufmann. Não sendo uma das obras mais conhecidas do compositor italiano (La Bohème, Tosca, Madame Butterfly…) tem uma importância especial para o Met, pois foi nesta casa que subiu pela primeira vez à cena em 1910.

O Met começou estas transmissões há mais de 10 anos, inicialmente apenas dentro da cidade de Nova Iorque, e depois alargando o alcance. Ao longo desse tempo foi afinando as transmissões até atingir a (quase) perfeição que atrai mais de duas mil salas em 70 países – Uma iniciação perfeita para quem quer conhecer melhor este género musical e uma oportunidade única para quem já é fã.

Em Portugal, além do Teatro Viriato, em Viseu, pode seguir as peças na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, que até já teve de aumentar o número de visionamentos para conseguir satisfazer toda a procura – ainda que em diferido.

  • La Fanciulla del West, de Puccini, a 28 de outubro
    La Fanciulla del West, de Puccini, a 28 de outubro
  • Marnie, de Nico Muhly, ao vivo a 10 de novembro
    Marnie, de Nico Muhly, ao vivo a 10 de novembro
  • La Traviata, de Giuseppe Verdi, em cena antes do Natal, a 16 de dezembro.
    La Traviata, de Giuseppe Verdi, em cena antes do Natal, a 16 de dezembro.
    • La Fanciulla del West, de Puccini, a 28 de outubro
      La Fanciulla del West, de Puccini, a 28 de outubro
    • Marnie, de Nico Muhly, ao vivo a 10 de novembro
      Marnie, de Nico Muhly, ao vivo a 10 de novembro
    • La Traviata, de Giuseppe Verdi, em cena antes do Natal, a 16 de dezembro.
      La Traviata, de Giuseppe Verdi, em cena antes do Natal, a 16 de dezembro.

      Os próximos espetáculos incluem Marnie, de Nico Muhly (10 de novembro), e La Traviata, de Giuseppe Verdi (16 de dezembro), sendo que a programação se estende pelo próximo ano, com novos libretos como Adriana Lecouvreur, de Francesco Cilea (12 janeiro), La Fille Du Régiment, de Gaetano Donizetti (2 de fevereiro), Carmen, de Bizet (2 março), ou Valkirias, de Wagner (30 de março), antes fechar a época com Dialogue des Carmélites, de Poulenc (12 de maio).

      Para saber mais sobre cada uma das produções pode naturalmente visitar o site do próprio Metropolitan Opera House bebendo da fonte original.