Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
Christian Louboutin lança carteira em homenagem a Portugal Christian Louboutin lança carteira em homenagem a Portugal

Christian Louboutin lança carteira em homenagem a Portugal

Christian Louboutin lança carteira em homenagem a Portugal

Inspirada pelo amor de Christian Louboutin por Portugal, Portugaba é uma carteira muito exclusiva, criada com recurso a técnicas artesanais portuguesas.


Publicado em 30-Abr-2019

Já não é novidade que o designer francês Christian Louboutin é um apaixonado por Portugal. Há muito que escolheu o Alentejo como destino de férias e é até certo que vai abrir um hotel de charme na zona de Melides. O que talvez ninguém estivesse à espera era que Portugal fosse fonte de inspiração da sua criação mais recente: uma carteira que é uma viagem pelo savoir-faire e as tradições têxteis nacionais. 

Feita à mão em Portugal, a nova tote bag chama-se Portugaba (no seguimento de criações como a Africaba, Mexicaba e Manilacaba) e resulta da combinação de várias técnicas artesanais portuguesas. “Cada detalhe é meticulosamente trabalhado à mão por 11 artesãos locais – das contas coloridas das alças aos puxados que criam os padrões e relevos  das telas…”, pode ler-se na página oficial do designer que ficou mundialmente famoso pelos seus sapatos de sola vermelha.

      Imagina-se que Louboutin tenha andado um pouco por todo o país, pois descobriu em Miranda do Douro o burel, tecido de que são feitas as Capas de Honra, uma das peças mais nobres dos trajes antigos da região. Numa visita à Cooperativa Tecedeiras de Cerva, no município de Ribeira de Pena, inspirou-se nos puxados e ripados (técnica meticulosa, em que as tecedeiras puxam fio a fio, ponto por ponto, produzindo relevos com uma textura semelhante à do veludo) para criar as telas principais das carteiras.  Os tecelões de Loures e Aboim da Nóbrega são responsáveis pelas franjas que adornam cada saco e as alças, decoradas com grandes contas de cerâmica, criadas numa pequena aldeia entre Mafra e Ericeira. Inspiradas no padrão dos azulejos portugueses, fazem ligação ao forro das carteiras, um tecido com o clássico padrão azul e branco.

      Mas não é tudo. Por cada Portugaba vendida, dez por cento são doados à Associação Portugal à Mão – Centro de Estudos e Promoção das Artes e Ofícios Portugueses, para contribuir para a realização de projetos de preservação, valorização e promoção do artesanato português.

      O vídeo de lançamento desta peça que estampa o folclore, o simbolismo e a história de Portugal foi filmado nas ruas de Lisboa ao som de Maria Lisboa, um fado de Amália Rodrigues, na versão de Mariza. Deixa-nos na expectativa de novas criações (já existem umas sandálias e uns ténis Louboutin com o padrão da azulejaria nacional). A única má notícia é que a Portugaba, à venda no site de Louboutin e no My Theresa, já tem um dos modelos esgotado e custa 1659 euros!…