Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco

Cinco mercados de Natal na Europa a não perder

Cinco mercados de Natal na Europa a não perder

Da Alemanha à Dinamarca, as pequenas e grandes cidades do Velho Continente ganham um encanto especial no mês de dezembro, enchendo-se de luzes e vestindo-se a rigor, com muita gastronomia, aquele friozinho bom e uma pitada de neve por cima…

É verdade que em Lisboa e um pouco por todo o País, há cada vez mais mercados de Natal (ver artigo “O Natal está a chegar e os mercados também“), ainda assim nada se compara à velha tradição de mercados de rua do centro e Norte da Europa, muitos dos quais já se realizam há centenas de anos, com as suas tradicionais casinhas de madeira com venda de artesanato, vinho quente e deliciosas iguarias regionais. Excelentes destinos para um fim de semana prolongado em pleno inverno, estas cidades e os seus mercados são bons locais para encontrar presentes originais, e fazer descer em si o espírito do Natal, voltando para casa de coração cheio.

Colónia, Alemanha

Apesar de Dresden se orgulhar de possuir o mais antigo mercado da Alemanha (realiza-se desde 1434), a verdade é que a magia do Natal é sentida com um fervor especial em Colónia, cidade que contabiliza oito importantes mercados e um total de cinco milhões de visitantes. Do Angel Christmas Market, no Neumarkt, ao Weihnachtsmarkt am Dom, junto à catedral gótica, estes mercados rivalizam em animação, luzes, grinaldas, e aroma a maçãs assadas e biscoitos de canela. E nem faltam os ringues de patinagem ou uma vila dedicada a São Nicolau…

Datas: 26 de novembro a 23 de dezembro

 


      Viena, Áustria

      O primeiro mercado de Natal de Viena aconteceu em 1298 – e desde então que a cidade se entrega à magia da quadra, engalanando as praças mais bonitas a rigor. Situado mesmo em frente à majestosa câmara municipal da capital austríaca, o Sonho de Natal Vienense (ou Wiener Weihnachtstraum), na Rathausplatz, é o mais famoso e concorrido dos mercados, com as suas quase duas centenas de casinhas de madeira a vender decorações de Natal, artesanato, vinho quente, salsichas käsekrainer e uma infindável variedade de pretzels. Os mais novos (e também os mais velhos) vibram com o imenso ringue de patinagem (com 3.000 m2!), um comboio, e um carrossel à antiga, e ainda a participação nos vários workshops de velas e doces que se realizam no interior do edifício municipal…

      Datas: 17 de novembro a 26 de dezembro


          Copenhaga, Dinamarca

          Com as suas 180 mil luzes, renas, duendes, muitas barraquinhas de venda de artesanato e um barbecue gigante, o mercado de Højbro Plads é o mais famoso da Dinamarca. Ainda assim, nada bate uma visita ao Tivoli Gardens, o mais antigo parque de diversões do mundo, e uma das principais atrações da cidade, que em dezembro se enche de tradicionais decorações natalícias. A atmosfera é familiar e sempre animada, não faltando a presença do Pai Natal e dos seus elfos, que levam os mais pequenos a passear de comboio pelo recinto. Depois, além das habituais animações, carrosséis e montanhas-russas, há concertos, cantos corais e é também aqui que, a 13 de dezembro, se realiza a tradicional procissão de Santa Lúcia, com uma centena de jovens a passar pelos jardins a entoar cânticos, de vela na mão. Outro dos momentos altos no parque é o espetáculo de fogo de artifício que se realiza nos dias 25, 26 e 31 de dezembro.

          Datas: 16 de novembro a 22 de dezembro (Mercado de Natal de Højbro Plads) e de 17 de novembro a 31 de dezembro (Tivoli Gardens)


              Praga, República Checa

              A capital checa ganha um encanto especial nesta época, em particular graças aos mercados tradicionais da Praça da Cidade Velha e da Praça Wenceslau. Abertos durante todo o dia e a cinco minutos de distância um do outro, estes dois mercados complementam-se na perfeição, intercalando concertos de cantos corais com o momento mágico da iluminação da grande árvore de Natal, ou a possibilidade de experimentar petiscos checos como a klobása (linguiça) ou o Pražská šunka (fiambre assado) enquanto brinda à vida com uma Pilsner Urquell. A festa de rua é tão boa e animada que dura até à Noite de Reis!

              Datas: 1 de dezembro a 6 de janeiro


                  Colmar, França

                  A 60 km de Estrasburgo, quase na fronteira com a Suíça, a pequena cidade medieval de Colmar parece saída de um conto de fadas. Não é por acaso que o site European Best Destinations já a considerou um dos destinos de Natal mais marcantes da Europa. Detentora de cinco mercados tradicionais – Place des Dominicains, Place Jeanne d’Arc, Place de l’Ancienne Douane, Koïfhus – Marché Intérieur e Petite Venise –, tem a atmosfera intimista e acolhedora de uma aldeia tradicional da Alsácia, ganhando magia extra graças às decorações que se estendem dos pequenos e coloridos edifícios medievais às igrejas repletas de vitrais, canais e pracetas, onde nem faltam pequenos rebanhos de cabras. Tudo isto sem esquecer os muitos prazeres gourmet da região: vinhos Riesling, conhaques, foie gras, especialidades de charcutaria, ou os tradicionais bredele de Noël e pão de gengibre.

                  Datas: 23 de novembro a 30 de dezembro