Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco

Collectors Marvila, uma loja para apaixonados pelo vintage

Collectors Marvila, uma loja para apaixonados pelo vintage

No bairro mais vibrante de Lisboa, esta loja-armazém reúne peças de design, móveis retro e fotografia, deixando-nos com vontade de mudar casa.

Se não conhece a Vintage Department devia conhecer. Esta loja especial nasceu da paixão que o holandês Alma Mollemans e a inglesa Emily Tomé, filha de pai português, têm por procurar, colecionar e restaurar mobiliário e peças vintage (das décadas de 1940, 50, 60 e 70) que encontram nos vários países por onde viajam. Ao decidirem viver em Portugal, abriram em 2014 um pequeno espaço integrado nas antigas galerias comerciais EntreTanto, no Príncipe Real. O sucesso das peças que vendiam foi tanto que acabaram por mudar para o rés do chão do mesmo Palácio Castilho, para um espaço seis vezes superior ao que tinham inicialmente. Seguiu-se a abertura de uma Vintage Department Store na Comporta e outra no Porto.

E porque o gosto pelo mobiliário vintage e outras peças extraordinárias que vão descobrindo é infinito, Emily e Alma descobriram agora um local com dimensões equiparáveis à sua paixão, um armazém industrial de 3000 m2 no bairro mais cool e vibrante de Lisboa: Marvila. Outrora uma fábrica de produtos alimentares, este imenso espaço vai tornar-se, no futuro, num condomínio de luxo, mas enquanto a demolição não acontece, a Vintage Department deu-lhe uma nova vida, transformando-o em muito mais do que um simples armazém de peças retro. É que se a nave central do edifício está ocupada com mesas, cadeiras, sofás, aparadores, quadros, candeeiros, néones e peças de taxidermia, as galerias laterais e mezanino estão ocupadas por lojas de outras marcas e ateliers de artistas.

Paraíso de ideias

A ideia foi criar aqui um hub criativo em que o vintage, o design, a arquitetura e a arte em geral se juntam e onde alguns produtos são criados de raiz. Por isso, o Collectors Marvila reúne marcas como a Banema Lab, uma “biblioteca” de madeiras e derivados, criada para responder às necessidades de arquitetos, designers de interiores e de quem está a fazer obras; a YellowKorner, especializada em prints fotográficos acessíveis ao comum dos mortais; a Babled Design, com as suas elegantes peças em vidro; ou a Mid Mod, especialista em iluminação e mobiliário dos movimentos Bauhaus, Streamline e Mid-Century  Modern. Depois ainda há os ateliers do Studio Astolfi, da designer e artista Joana Astolfi (que assina vários trabalhos para restaurantes de José Avillez, montras da Hermès ou A Padaria Portuguesa) e, à entrada, a rulote do Foodtruck Ilegítimo, que serve street food caseira (hambúrgueres, bowls, pão, pickles, molhos especiais, batatas fritas…) e ainda gelados da Paletaria e cervejas artesanais das fábricas vizinhas, ou não fosse Marvila o beer district lisboeta.

E porque não há limites para o que pode acontecer neste espaço, o Collectors também recebe concertos, exposições de arte, sessões de cinema e lojas pop-up. Todos os dias das 11h00 às 20h00.