Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco

Dormir debaixo de água

Dormir debaixo de água

Com vontade de dar um mergulho? E que tal passar a noite debaixo de água? Das Maldivas à Suécia, estes hotéis prometem uma experiência inesquecível, com vista direta para o fundo do mar.

Maldivas: Conrad Maldives Rangali Island

  • © 2018 Hilton
    © 2018 Hilton
  • © 2018 Hilton
    © 2018 Hilton
  • © 2018 Hilton
    © 2018 Hilton
  • © 2018 Hilton
    © 2018 Hilton
    • © 2018 Hilton
      © 2018 Hilton
    • © 2018 Hilton
      © 2018 Hilton
    • © 2018 Hilton
      © 2018 Hilton
    • © 2018 Hilton
      © 2018 Hilton

      Situado em duas ilhas separadas, ligadas por uma ponte, este hotel de luxo oferece várias suítes e villas privativas, na praia e em cima da água, mas a grande novidade tem inauguração marcada para Novembro deste ano. Chama-se Muraka (palavra que significa coral em divehi) e é a primeira villa subaquática do mundo, podendo hospedar até nove pessoas. Projectada pelo arquitecto japonês Yuji Yamazaki, custou 12 milhões de euros e simboliza o expoente máximo do luxo, oferecendo interiores minimalistas, paredes e tectos em acrílico, acabamentos em couro macio e detalhes em mármore e granito.  Constituída por dois andares, a villa tem à superfície uma área de 550 metros quadrados, incluindo sala e sala de jantar, cozinha, alojamento para mordomo e dois grandes decks com vista para o Índico, um deles com uma infinity pool, enquanto no piso inferior, a cinco metros de profundidade, está a grande suíte subaquática panorâmica, de 30 metros quadrados, incluindo sala e casa de banho, tudo com vista para o fundo do mar.

      Mas esta não é a primeira aventura subaquática do hotel. Há uns bons anos, em 2005, o Conrad também inaugurava o primeiro restaurante subaquático do mundo: o Ithaa que, com capacidade para 12 pessoas, serve almoços, jantares e até cocktails matinais, podendo ser reservado para eventos privados.

      Mais informações aqui.


      Tanzânia: Manta Resort

      • © Manta Resort
        © Manta Resort
      • © Manta Resort
        © Manta Resort
      • © Manta Resort
        © Manta Resort
      • © Manta Resort
        © Manta Resort
      • © Manta Resort
        © Manta Resort
        • © Manta Resort
          © Manta Resort
        • © Manta Resort
          © Manta Resort
        • © Manta Resort
          © Manta Resort
        • © Manta Resort
          © Manta Resort
        • © Manta Resort
          © Manta Resort

          A ilha de Pemba fica ao largo da costa da Tanzânia, e faz parte do arquipélago de Zanzibar. O cenário tem tanto de exótico, como de selvagem e belo. E é aqui, a 250 metros da praia, ancorado junto a um coral, que fica um dos quartos de hotel mais espectaculares do mundo. Na verdade, mais do que um quarto, é uma ilha privada de madeira a flutuar no Índico. No primeiro andar, fica a sala e a casa de banho, no andar de baixo fica o quarto, rodeado de janelas e a cerca de quatro metros de profundidade, e no alto da cabana existe um deck para apanhar banhos de sol ou ficar a ver as estrelas.

          No entanto, apesar da sensação de isolamento total, o underwater room conta com as infra-estruturas de apoio do Manta Resort, um hotel na costa norte da ilha, com fortes preocupações ambientais e sociais, e que tem neste quarto subaquático o seu ex-líbris.

          Mais informações aqui.


          Planet Ocean Underwater Hotel

              Várias vezes anunciado, mas ainda não concretizado, o Planet Ocean Underwater Hotel quer ser o primeiro hotel subaquático do mundo. A empresa responsável, sediada em Key West (Florida), faz parte de um projecto filantrópico, que tem como objectivo financiar e implementar uma rede mundial de soluções de recuperação de recifes de corais, afectados pelas alterações climáticas.

              A ideia é que o Planet Ocean Underwater Hotel funcione em sistema pop-up, ou seja, que viaje por vários mares e oceanos, onde ficará estacionado durante uma temporada, partindo depois para outra localização. Para já estão seleccionados 15 destinos: das Bahamas às ilhas Andaman, no Índico, passando por Okinawa, no Japão. Com 12 suítes situadas a cerca de oito metros de profundidade e paredes de acrílico transparente, promete uma experiência inesquecível com diárias a custar cerca de 6 mil dólares! Quanto ao custo estimado para a construção do hotel é de 20 milhões…

              Mais informações aqui.


              Dubai: Underwater suite, Atlantis The Palm

                  O Atlantis é um dos resorts mais famosos do Dubai, e também um dos mais excêntricos. Situa-se na The Palm Jumeirah, a primeira das três ilhas artificiais em forma de palmeiras do emirado, e ocupa 46 hectares, oferecendo 1.500 quartos, 21 restaurantes e um imenso parque aquático, incluindo uma baía dos golfinhos, um centro de mergulho onde é possível nadar com tubarões e um grande aquário. Se é verdade que quase todos os seus quartos têm vista para o mar, a vista mais valorizada é a das suítes Poseidon e Neptuno, com janelas panorâmicas para o fundo da gigantesca Lagoa Ambassador, onde vivem mais de 65.000 espécies marinhas, incluindo tubarões. Ambas têm 165 m2, dois quartos, sala de jantar, e serviço de mordomo 24 horas por dia.

                  Mais informações aqui.


                  Maldivas: Subsix at PER AQUUM Niyama

                      Parte do grupo Minor (os novos proprietários dos hotéis Tivoli), o Per Aquum Niyama é o resort certo para uma viagem romântica, mas também em família, uma vez que cada villa tem um deck isolado no qual a privacidade é total. Possui um excelente clube para crianças e vários restaurantes, com opções familiares, gourmet e cozinha asiática de vanguarda, aulas de surf e uma multiplicidade de actividades, desde nadar com tubarões-martelo a saltar sobre as águas num wakeboard. Só não vai dormir debaixo de água… em contrapartida, o Niyama orgulha-se de ter o primeiro clube submarino do mundo! Só acessível por barco, e a seis metros de profundidade, o Subsix tem grandes janelas panorâmicas, proporcionando vistas espectaculares do fundo do Índico. Bar e restaurante, está decorado de forma original, com cadeiras em forma de anémona e conchas pendentes do tecto, como se do palácio da Pequena Sereia se tratasse!

                      Mais informações aqui.


                      Singapura: Ocean Suites, Resort World Sentosa

                          Ainda há pouco tempo, Sentosa andou nas bocas do mundo por ter sido o cenário escolhido para a cimeira entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un. Visitada todos os anos por cerca de 20 milhões de pessoas, esta ilha resort possui praias, jardins, campos de golfe, um dos maiores aquários do mundo, inúmeros parques de diversões – entre eles, o único Universal Studios do Sudeste Asiático – e vários hotéis. O nosso destaque vai, é claro, para as Ocean Suites do Resorts World Sentosa, 11 exclusivas townhouses de dois andares, cujos quartos foram construídos ao nível do S.E.A. Aquarium onde vivem as mais de 40.000 espécies marinhas que poderá observar deitado na cama.

                          Mais informações aqui.


                          Västerås, Suécia: Utter Inn

                              Esta é uma opção algo kitsch e despojada, mas também a mais acessível das aqui apresentadas. Não é por ser um alojamento de luxo, mas sim por tudo o que tem de inusitado que o Utter Inn está no site dos Uniq Hotels. Situado num lago, no arquipélago de Västerås, perto de Estocolmo, este hotel subaquático de um único quarto é um projecto do artista sueco Mikael Genberg. Esta minúscula casa flutuante parece uma cabana sueca tradicional, mas por baixo de água tem um quarto com duas camas, quatro janelas e pouco mais. Na sala, à superfície, há uma mesa, duas cadeiras, uma pequena cozinha, um depósito com 10 litros de água doce, e um pequeno barco insuflável que o poderá levar até uma das ilhas desabitadas das redondezas. Funciona de Maio a Agosto e pode ser reservado através do Västerås Tourist Centre.

                              Mais informações aqui.