Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco

Dream Team: os 11 concept cars mais impressionantes do ano

Dream Team: os 11 concept cars mais impressionantes do ano

Nem todos os concept cars são criados iguais. Uns estão muito próximos dos modelos finais de produção, ao passo que outros são sobretudo exercícios de estilo e tecnologia. Prognósticos daquilo que a indústria antecipa para o futuro. E a julgar por estes modelos, aguardam-nos coisas muito boas.

Dos grandes nomes da indústria automóvel aos pequenos produtores de quem ainda ninguém ouviu falar, 2018 foi de cair para o lado no que toca a novidades automóveis. Naturalmente, já todos sabíamos que os carros serão elétricos e que a condução autónoma fará parte do dia a dia, mas a boa notícia é que não será por isso que os automóveis vão perder encanto, nem a aura ou o design digno de um superdesportivo. Muito pelo contrário, como pode ver.

Peugeot e-Legend

      O futuro é futurista por definição, mas não é por isso que vai deixar de ser retro, como o prova o Peugeot e-Legend, provavelmente um dos mais bonitos apresentados este ano. Trata-se da recriação e eletrificação do icónico 504 Coupé e a Peugeot já expressou a vontade em passar o modelo para produção por volta de 2020. À semelhança da ideia inicialmente desenvolvida pela Jaguar, quando eletrificou o E-type, o seu automóvel mais bonito, este novo Peugeot prova como a eletricidade não precisa de matar os clássicos.

      Mercedes EQ Silver Arrow

          A Mercedes aproveitou um concurso de elegância em Pebble Beach, na Califórnia, para apresentar a nova versão dos Flecha Prateada. Naturalmente, com este design e apenas um lugar é óbvio que o EQ Silver Arrow  nunca passará à produção, mas não nos importávamos nada do o ver dominar as pistas do futuro, tal como o fizeram os antepassados durante tantos anos. E com dois motores elétricos a debitar 750 cavalos, existem boas hipóteses de isso vir a acontecer.

          Audi PB 18 e-tron

              Quem também aproveitou Pebble Beach para apresentar um concept de cortar a respiração foi a Audi, com o PB 18 e-tron,  um verdadeiro superdesportivo, absolutamente preparado tanto para as estradas como para as pistas. Aliás, pode escolher entre uma configuração de dois lugares ou de apenas um, em posição central, como num monolugar. Mas a grande surpresa do PB 18 é que, sendo um veículo futurista e 100% elétrico, dispensa totalmente qualquer autonomia, e as tarefas de condução cabem exclusivamente ao condutor. Já em Los Angeles a Audi aproveitou para apresentar um e-tron GT, uma espécie de A7 totalmente elétrico e que partilha a mesma plataforma com o futuro EV da Porsche, o Taycan. O e-tron deverá começar a rolar nas estradas europeias já em 2021.

              Pininfarina HK GT

                  A Pininfarina é conhecida por desenhar memoráveis Ferraris, Maseratis, Alfa Romeos e até Peugeots, mas este ano o talento foi colocado ao serviço dos chineses da Hybrid Kinetic, para quem desenhou este luxuoso, desportivo e ecossustentável Gran Turismo. E muito possivelmente o HK GT poderá ver a luz do dia já em 2020, inicialmente apenas para o mercado chinês, onde deverá combater marcas como a Tesla, mas com este visual não se espera que fique retido na China por muito tempo.

                  Hyundai Le Fil Rouge

                      A Hyundai vende ótimos automóveis, muito práticos e com excelente relação qualidade-preço. Mas o presidente da companhia coreana, da qual fazem parte também a Kia e a Genesis, acha que no futuro será necessário gerar outro tipo de emoção para atrair novos clientes. Este Le Fil Rouge é a primeira lança nesta estratégia. Destaque desde logo para os interiores, verdadeiramente surpreendentes e com muita tecnologia, assente em muita madeira e num design fluido, quase natural. O facto de a Hyundai contar agora nas suas fileiras com Luc Donckerwolke, ex-diretor de design da Bentley, Lamborghini e Audi ajuda. Para já não existem planos para passar o modelo à produção, e a marca refere que se trata sobretudo de um exercício de estilo e de uma nova linguagem visual, mas…

                      Lagonda Vision Concept

                          A eletrificação dos modelos tem inúmeras implicações na forma como cada marca redesenha os seus modelos. Um dos elementos mais relevantes é, sem dúvida, o desaparecimento do motor frontal, válido sobretudo para marcas como a Aston Martin, cujos motores não são propriamente pequenos. Nos modelos elétricos a única coisa que ocupa algum espaço são as baterias, e essas estão localizadas por baixo do veículo, como num telemóvel. Logo, tudo o que está acima dessa linha é habitáculo. O que fazer com todo este espaço a mais? Ocupando-os com interiores ainda mais amplos, mais luxuosos e cada vez menos virados para a condução em que, por exemplo, os bancos frontais até se viram para trás, criando um ambiente de salão. Assim será a Lagonda, marca que a Aston Martin independentizou para ser a primeira, de luxo, totalmente zero emissões. O Lagonda Vision Concept divulgado em Genebra é mesmo o primeiro modelo apresentado e pode começar a  ser produzido já a partir de 2021.

                          Nissan IMx KURO

                              O IMx KURO  é um dos automóveis mais inovadores apresentados este ano. Porque é o primeiro automóvel a conseguir “ligar” a mente do condutor ao cérebro do carro. Assim mesmo. O KURO identifica nos nossos movimentos as intenções futuras e assim consegue antecipá-las, afinando depois os parâmetros em consonância. Por exemplo, se estiver prestes a virar o volante vai comportar-se de uma determinada maneira e o KURO, apercebendo-se disso, vai ajustar vários parâmetros, da suspensão à caixa, para que a manobra seja mais eficiente. Dizem que conseguem um avanço até meio segundo, o que pode fazer toda a diferença, sobretudo numa situação de emergência. Entrámos na era dos smartcars!

                              Nissan Xmotion

                                  Num único ano, a Nissan consegue apresentar outro concept digno de registo. Este Xmotion  funciona como uma espécie de exercício de estilo daquilo que virá a substituir o Qashqai, o modelo que deu origem à gama dos pequenos SUV. Ora, no novo automóvel o exterior será bastante mais robusto, lembrando quase um veículo de exploração da NASA para enviar a Marte. Mas que afinal só explora caminhos ocasionais ao fim de semana. Já no interior reina a paz, a serenidade, e muita conectividade: incluindo uma carpa virtual que flutua no ar e funciona como assistente pessoal.

                                  GFG Sibylla

                                      Giorgetto Giugiaro é mais um nome cuja mera menção acelera o sangue entre os apaixonados automobilísticos.  Alfa, DeLorean, Volkswagen ou Lotus são apenas algumas das marcas para as quais desenhou cerca de 200 modelos. Estima-se aliás que circulem pelas estradas do mundo mais de 60 milhões de veículos com a sua assinatura. E as contas ainda não acabaram, porque depois de vender a totalidade do seu estúdio, Italdesign, ao grupo Volkswagen, Giorgetto fundou com o filho, Fabrizio, a GFG, com sede em Turim. Este ano, em Genebra, a GFG tinha pela primeira vez um stand no qual apresentou o Sibylla, encomendado por um grupo de eletricidade – não de automóveis – chinês. Assim não há qualquer previsão de lançamento, mas é provável que outras marcas se juntem ao projeto (até porque a GFG desenhou já dois SUV para este mercado) dando-lhe luz verde. Como automóvel o Sibylla tem todos os argumentos para entusiasmar.

                                      BMW iNext concept

                                          A BMW desenvolve há muito tempo o conceito Next, apresentando tecnologias que poderão vir a marcar o futuro automóvel. Mas este concept iNext apresentado em setembro é o primeiro veículo que junta todas as características de mobilidade elétrica, condução autónoma e serviços conectados. Já este mês, no salão automóvel de Los Angeles, a marca alemã revelou mais alguns detalhes e inovações, como “projetores inteligentes” que podem transformar qualquer superfície num ecrã, e como estas podem, por sua vez, servir para controlar o sistema do infotainment, realizando certos gestos no tecido dos bancos ou na consola central. Esta, aliás, vira praticamente uma mesa de centro em madeira, assemelhando-se mais a uma mesa de sala de estar do que de um automóvel. Está prevista uma versão de produção para 2021, e estamos curiosos para ver quantas destas características vão estar incluídas…

                                          Audi Italdesign Airbus Pop.Up Next

                                              Para desenvolver este projeto foi necessário juntar os esforços de três marcas diferentes: a Audi, a Airbus e a Italdesign, a empresa de design do grupo Volkswagen. Mas o Pop.Up Next  é claramente o conceito mais arrojado e ambicioso do ano, até porque não se limita a tratar do problema da mobilidade urbana numa única dimensão – leva-o para o ar também. Trata-se de um veículo totalmente elétrico, totalmente automático, constituído por dois módulos – um rodoviário e um aéreo – e uma cabina, que se vai ligar alternadamente a um ou outro por forma a melhor gerir o congestionamento nas cidades.