Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
E que tal um cinema ao ar livre com pipocas e cocktails? E que tal um cinema ao ar livre com pipocas e cocktails?

E que tal um cinema ao ar livre com pipocas e cocktails?

E que tal um cinema ao ar livre com pipocas e cocktails?

Em praças, jardins ou piscinas e até em terraços no alto de prédios, são várias as sessões de cinema ao ar livre para aproveitar as noites quentes de verão.


Publicado em 18-Jul-2019

Cine NOS em Tróia e Oeiras

São quase 30 os filmes, quase todos estreados no último ano, que a NOS vai passar em “salas” de cinema improvisadas ao ar livre. Em Tróia, as sessões realizam-se no Jardim da Alameda Pinheiro Manso, mesmo ao lado do cais de embarque dos catamarãs, e são mais direccionadas para crianças e famílias, com a projeção de filmes como Monstros Fantásticos – Os crimes de Grindelwald, The Incredibles 2: Os Super Heróis, A Ovelha Choné – O Filme, Mr. Link, Ralph vs Internet ou Como Treinares o Teu Dragão: Mundo Secreto. Se estiver na linha de Cascais, outra opção é ir até à Marina de Oeiras, onde as sessões são mais variadas e incluem filmes de terror (The Nun), musicais (Mamma Mia! Here We Go Again), comédias (Johnny English Volta a Atacar) e filmes para toda a família (A Bela e o Monstro).
Cine NOS Open Air – Sessões gratuitas na Marina de Oeiras às quintas e sextas às 21h30 e sessões gratuitas no Jardim da Alameda Pinheiro Manso, em Tróia às sextas e sábados às 21h30, até 30 de agosto. Entrada livre.

Cine Society

Pelo terceiro ano consecutivo, o ciclo de cinema ao ar livre Cine Society realiza-se no Topo Chiado, em Lisboa, e no Hotel Baía, em Cascais, com filmes de culto, comerciais e êxitos de bilheteira a integrar uma edição especial que este ano se estende até 31 de outubro (caso o tempo o permita). Footloose, Grease, Snatch, Green Book, La La Land, Cinema Paradiso, Moulin Rouge ou Grand Budapest Hotel são alguns dos filmes em exibição. A programação completa de Lisboa e Cascais pode ser consultada aqui.
Os bilhetes para cada sessão estão à venda por 12€ (inclui auscutadores, pipocas e manta), €36 (sofá 3 pessoas), €48 (megassofá, 5 pessoas). E também pode pedir um cocktail ou algo para petiscar…
Cine Society > Topo Chiado – Terraços do Carmo, Lisboa > julho e agosto às quartas e quintas-feiras, às 21h; em setembro e outubro, quartas e quintas, às 20h. No Hotel Baía (Blue Bar) – Passeio D. Luís I, Cascais > julho e agosto, terça às 21h; 10 e 17 de setembro e 1 de outubro às 20h.

Ciclo de cinema no Castelo

O Castelo de São Jorge serve de cenário a um já habitual ciclo de cinema ao ar livre organizado pela Casa da Achada-Centro Mário Dionísio. “Espaços Que Não Têm Lugar” é o título do programa que questiona os conceitos de espaço e lugar a partir dos filmes apresentados, muitos deles títulos marcantes como O Anjo Exterminador, de Luis Buñuel, Fim-de-Semana, de Jean-Luc Godard, O feiticeiro de Oz, de Victor Fleming ou Laços Eternos, de André Delvaux. Todas as sessões são apresentadas por um convidado, e incluem uma conversa no final da projeção.
Ciclo de cinema ao ar livre “Espaços Que Não Têm Lugar”, no Castelo de São Jorge – Todas as segundas-feiras às 21h30.

Cinema no centro histórico de Viseu

Como já é tradição, o Cine Clube de Viseu e a Câmara Municipal de Viseu voltam a organizar a iniciativa “Cinema na Cidade”, ocupando o coração do centro histórico de Viseu criando uma grande sala de cinema ao ar livre. Com início a 29 de julho, estão agendados cinco filmes, para públicos de todas as idades, começando por Ernest & Célestine, um filme de animação que conta a história da amizade improvável entre um grande urso e uma pequenina rata orfã. Na segunda noite será exibido “Verão 1993”, um comovente filme auto-biográfico da realizadora catalã, Carla Simón, premiada em Berlim com o galardão de Melhor Primeira Longa-Metragem. Segue-se um clássico musical, Os Chapéus de Chuva de Cherburgo (1964), de Jacques Demy; e a comédia A Ultrapassagem (1962), de Dino Risi, um dos mestres da commedia all’italiana. No último dia, será exibido Os Cantadores de Paris (2017), de Tiago Pereira, com a presença do realizador e ainda um concerto pelo grupo de Cante Alentejano As Ceifeiras de Pias.
Cinema na Cidade – Sessões às 21h30, de 29 de julho a 02 de agosto. Entrada livre.

Cinema e muito mais junto ao Miradouro de Santa Catarina

O pátio do Polo Cultural Gaivotas Boavista perto do Miradouro de Santa Catarina, em Lisboa, recebe a 4.ª edição do Lusco-Fusco, ciclo cultural com uma programação diversificada que contempla concertos, performances, peças de teatro, jantares com gastronomia internacional e… sessões de cinema ao ar livre. Assim, entre julho e setembro será apresentado um conjunto de 16 filmes (em dez sessões) programados pela associação Os Filhos de Lumière sobre o tema “Cá Dentro, Lá Fora”. É o caso de Ici, de Pierre-Marie Goulet e Como Passei o Fim do Mundo, de Catalin Mitulescu (24 de julho); Clandestino, de Abi Feijó e Le Havre de Aki Kaurismäki (31 de julho); O Comboio Mistério, de Jim Jarmusch (14 de agosto) ou Stromboli, de Roberto Rossellini (11 de setembro).
Lusco-Fusco – Entrada livre, sujeita à lotação do pátio.

Dive In Movies no Algarve

E que tal uma sessão de cinema à beira da piscina (aquecida) com direito a pipocas? A proposta é do The Magnolia Hotel, um hotel ao estilo de Palm Springs na Quinta do Lago, que até 29 de agosto convida hóspedes e visitantes a participar em mais uma edição dos “Dive in Movies”, todas as quintas-feiras a partir das 21 horas.
The Magnolia Hotel – Para reservar o seu lugar nas sessões de “Dive in Movies” basta contactar book@themagnoliahotelqdl.com ou +351 289 005 300.

Fábrica da Pólvora

Da aventura à comédia, da imagem real à animação, a Câmara Municipal de Oeiras fez uma cuidadosa seleção de obras para ver em família, nas noites de sábado, e manhãs de domingo dos meses de julho e agosto. Com entrada gratuita, há títulos de origem diversa, dos Estados Unidos da América à Europa: é o caso de Green Book (27 de julho), Vaiana (3 de agosto), Os meninos que enganavam os nazis (10 de agosto), Monstros Fantásticos – Os crimes de Grindelwald (17 de agosto), O Quebra Corações (24 de agosto) e A Star is Born (31 de agosto).
Programa de cinema e Programa de cinema infantil da Fábrica da Pólvora de Barcarena – Sessões aos sábados, às 22 horas e aos domingos, às 10h30.

Esplendor na Relva

A terceira edição do ciclo de cinema “Esplendor na Relva” promovido pela Parques de Sintra no Parque de Monserrate decorre, este ano, de 2 a 31 de agosto, sendo dedicada ao tema “Os Heróis”, figuras intemporais que percorrem o imaginário de múltiplas gerações. Sextas-feiras, sábados e domingos à noite, vai poder assistir a grandes clássicos como Casablanca, Annie Hall, Taxi Driver, A Paixão dos Fortes ou Intriga Internacional no grande relvado de Monserrate, verdadeiro anfiteatro natural. Aos sábados pela meia-noite, para os mais corajosos, haverá sessões “mistério” dentro do Palácio. Enquanto os domingos à tarde serão dedicados aos mais novos, com matinés infantis, também elas no auditório interior.
Esplendor na Relva / Parques de Sintra – Preços de bilhetes: Relvado: 10€ adulto e 5€ jovem (dos 6 aos 17 anos); Mistério: 10€ adulto e 5€ jovem (dos 6 aos 17 anos). O palácio permanecerá aberto para visita entre as 20h e as 21h30. Matinés Infantis: incluídas no bilhete de visita ao Parque e Palácio de Monserrate (entrada limitada à capacidade da sala – 40 lugares).