Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
As melhores entregas ao domicilio As melhores entregas ao domicilio

As melhores entregas ao domicilio

As melhores entregas ao domicilio

E que tal receber em casa os produtos mais frescos, de produtores locais? Já não se trata só de ficar seguro em casa, mas ainda por cima receber o melhor…


Publicado em 01-Jun-2020

Venha conhecer as nossas sugestões para receber produtos frescos e locais sem precisar de sair de casa, e conte ainda com a comodidade e segurança do cartão UNIBANCO para realizar todas as suas encomendas online.

Manteigaria Silva

Trata-se de uma loja histórica especializada em produtos nacionais, ou não tivesse começado como matadouro ainda no século XIX, que servia a Praça da Figueira, em Lisboa. A designação manteigaria “ só” chegou há um século. Já sobreviveu a muito e vai sobreviver à covid, até porque inaugurou uma loja online para lhe fazer chegar os seus grandes bacalhaus, os enchidos cortados na hora e outras iguarias deliciosas.

A Tua Quinta

A Tua Quinta vende fruta e legumes frescos vindos diretamente dos produtores. Pode logo optar por um dos cabazes predefinidos (grande e pequeno, de 13 e 18 euros) ou personalizar a encomenda no site. Simples e já com os preços.

Mercearia Criativa

A Mercearia Criativa já leva 10 anos a servir belos produtos e petiscos na Av. Guerra Junqueiro, em Lisboa, e agora também entrega em casa. Basta procurar o que quer no site, como os deliciosos peixes fumados, como salmão, atum, sardinhas ou biqueirões, ligar para lá e combinar tudo. O pagamento pode ser por MB Way ou transferência.

Gleba

Não há pão como o da Gleba, feito com cereais 100% nacionais, com moagem em mós de pedra e fermentação natural. Já pode encomendar através da Glovo, e se for a sua primeira encomenda é gratuita, com o código TESTEAGLOVO.

Horta do Amigo

Criada pelo Microgreens, na Horta do Amigo pode encontrar algumas raridades, como flores comestíveis, para quem quiser criar um prato especial. Mas também frutos e legumes e até carnes, em todo o País, em 24 horas. Os portes são grátis para encomendas superiores a 80 euros.

biOrgani

A biOrgani é uma plataforma que liga diretamente o produtor biológico ao consumidor final. Permite-lhe até eleger um produtor específico, por exemplo, por razões de proximidade.

Boutique do Peixe

A Boutique do Peixe vende o seu peixe fresco no Mercado de Alvalade (e quem diz peixe diz marisco), mas em tempos de covid inaugurou também a entrega ao domicílio, para que não falte peixe saboroso a ninguém. O peixe pode vir já arranjado, pode encomendar no próprio dia e só paga no ato de entrega.

Comida Independente

A Comida Independente nasceu há três anos, reunindo pequenos produtores de vinho, charcutaria, talho, peixaria, frutos, legumes, queijos… A oferta consegue basicamente suprimir todas as necessidades gastronómicas, mas com produtos de grande qualidade. As entregas são realizadas às quartas e têm um custo de 3 euros.

Fruta Feia

O projeto Fruta Feia nasceu para evitar que toneladas de frutos e legumes fossem parar ao lixo, simplesmente porque não tinham os parâmetros considerados aceitáveis para os supermercados. Sim, porque a fruta pode ser feia, mas não é por isso que deixa de ser saborosa. Desde então já conseguiram evitar que mais de 2.200 toneladas fossem parar ao lixo, a uma média de 15 toneladas por semana.

Para aderir, primeiro terá de se inscrever como sócio (5 euros), e quando for aceite (a aceitação está sujeita a existência de vagas) pode começar a levantar o seu pacote de produtos semanal. Existem dois, um de 4 Kg, por 3,6 euros, e outro de 8 Kg por 7,2. As entregas fazem-se em pontos predeterminados em Lisboa e Porto.

View this post on Instagram

6 ANOS DE FRUTA FEIA Fazemos 6 anos de vida. Já não somos o sonho de uma pessoa e a vontade de muitas, somos uma realidade que se ergueu há 6 anos atrás. Desafiando toda a maneira de pensar no consumo, abanando os alicerces do sistema agro-alimentar tal como nos foi imposto, pegámos em produtos outrora rejeitados por patetas razões estéticas para os levar até aos consumidores. Assim, simples, sem armazenamento, directamente dos agricultores onde vamos de manhã até aos consumidores onde chegamos à tarde nos nossos actuais 11 pontos de entrega. Tão simples como honesto: a montante um preço de compra justo ao agricultor, a jusante um preço de venda justo ao consumidor. Nos 70km do meio estamos nós, que hoje festejamos com: ● os nossos agricultores, para quem a palavra férias é contrária a rega ou a colheita e que, portanto, não nos deixam que tanto trabalho seja deitado ao lixo ● os nossos voluntários que juntamente connosco desafiam os limites do corpo para até às 17h transformarem 1,5 toneladas de produtos em 300 e tal lindas cestas de fruta feia ● as várias associações/colectivos/juntas de freguesia que nos cedem os espaços, palcos semanais de cestas de frutas e hortícolas que ligam consumidores a agricultores ● os nossos consumidores que ao embarcarem nesta viagem connosco são quem a sustenta, são os que comem semanalmente15 toneladas do que antes era considerado lixo, são os agentes activos deste consumo de proximidade que melhora a vida de quem trabalha o campo ● a nossa equipa, actualmente de 12 pessoas, a quem um associado acertou no outro dia em chamar de "resistentes" porque, ante todas as vicissitudes, nunca foi uma opção para nós deixar a Fruta Feia parar. Parabéns, são 6 anos, são mais de 1900 toneladas de frutas e hortícolas salvas, são 225 agricultores, é quase 1 milhão de euros postos nas suas mãos, somos mais de 5500 consumidores, somos a prova de que outro tipo de consumo, mais justo com o Homem e a Natureza, é possível!

A post shared by frutafeia (@fruta_feia) on