Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa

Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa

Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa

É ao volante que vamos descobrir as mais belas paisagens da Europa. Sem pressas, mas com toda a liberdade para explorar a nosso belo prazer.


Publicado em 14-Fev-2020

Junto ao mar, pela costa da Cróacia

De uma cidade à beira mar plantada, para outra cidade à beira mar plantada… Esta é uma road trip para fazer com o sol a brilhar no alto e muitos fatos de banho no porta bagagens. E, já agora, num bonito descapotável.

Começamos em Dubrovnik, a pérola do adriático e a cidade muralhada que já foi cenário de filmes e da Guerra dos Tronos. Há muito para ver (Jardins Arboreto de Trsteno, Escadaria Jesuíta ou a Rua de São Domingos) pelo que o nosso conselho é que se perca uns dias na cidade antes de se pôr a caminho de Pula.

  • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
  • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
    • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
    • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco

      A viagem não é muito longa, cerca de oito horas mais ou menos, mas que se vão multiplicar por muitas mais depois das paragens que lhe sugerimos: Markasaka, com o seu porto, Bol e a praia impossível, Split e o Palácio de Diocleciano, Trogir, a cidade ilha, Sibernik, Zadar, com o seu órgão do mar, que toca impulsionado pelas ondas a baterem nos tubos. Pelo caminho não deixe de provar o risoto negro, que os locais chamam de crni rižot e o boškarin, um carpaccio ultra saboroso e uma das comidas mais típicas da região. E assim chega finalmente a Pula, que de tão apetecível passou os últimos milénios a ser invadida e ocupada por romanos, ostrogodos, venezianos e por aí fora. Todos deixaram a sua marca.

      Um conselho: deixámos-lhe algumas pistas, porventura as mais importantes, mas podiam ser outras, como Motovun, terra das trufas negras, ou Rovinj, por isso não deixe de parar onde o coração mandar. É seguramente uma das vantagens de fazer uma viagem de carro e, nesta terra abençoada por Deus, não vão faltar momentos para o fazer.

      Partida: Dubrovnik. Destino: Pula. Duração: dois dias. Informações: Turismo da Croácia 

      A Estrada Romântica, Alemanha

      Quem disser que os alemães não sabem ser românticos é porque nunca fez esta Romantische Strasse, com seus castelos e palácios de conto de fadas (imagine Sintra, mas multiplicado) e cidades muralhadas. A rota sinuosa atravessa os estados do sul da Alemanha, Baviera e Baden-Württemberg, e ganhou o nome nos anos 1950, dado por agentes turísticos tentando promover a região. Só que não se tratava de publicidade enganosa. 

      • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
      • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
        • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
        • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco

          Iniciamos viagem debaixo de um magnífico fresco de Tiepolo representando os quatro continentes, no Palácio de Würzburg. Segue-se a pitoresca vila medieval e vinhateira de Tauberbischofsheim e, já agora, não deixe de visitar o vale em volta, repleto de quintas e produtores de um branco notável. Depois, seguindo o rio Tauber, a cidade termal de Bad Mergentheim, o castelo em Weikersheim, as muralhas de Rothenburg ob der Tauber, ou a bonita cidade de Dinkelsbühl. Cruzamos então o Danúbio, em Donauwörth e, já no sopé dos Alpes, visitamos Landsberg am Lech, antes de chegar a Füssen, o nosso destino final junto à fronteira austríaca. Tem provavelmente mais castelos e abadias que todas as outras, mas há um em particular que precisa de visitar, o Neuschwanstein Castle, ainda que provavelmente já o tenha visto muitas vezes, no castelo da Disney.

          Partida: Würzburg. Destino: Füssen. Duração: Cinco dias. Informações: Turismo alemão 

          A Estrada Atlântica, na Noruega

          Para esta jornada temos de viajar bem para norte, muito para cima de Bergen, que por sua vez já fica para lá de Oslo. Aliás, já que vimos para estes lados então que se aproveite para visitar estas duas bonitas cidades antes de avançar para a nossa rota — até porque a Estrada do Atlântico, estritamente falando, tem pouco mais de 8 quilómetros e dificilmente justificaria uma visita por si só. Então, nada como começar em Bergen e daí seguir para norte já em quatro rodas, sempre junto ao litoral, passando por fiordes e percorrendo uma paisagem selvagem de cortar a respiração. Por isso não convém fazer a viagem em pleno inverno, mas esperar que os dias estejam um pouco mais longos e bonitos. O percurso até chegar a Molde (o ponto de partida da Estrada do Atlântico) demora sensivelmente umas 9 horas e 400 quilómetros sem ver uma auto estrada, mais duas travessias de ferry. A última das quais precisamente para Molde, onde entramos finalmente na estrada que liga várias pequenas ilhas, tendo o seu expoente máximo na Ponte Storseisundet, com uma inclinação de cortar a respiração. O terminus da viagem é Kristiansund, uma pequena vila piscatória.

          • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
          • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
            • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
            • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco

              Partida: Bergen. Destino: Kristiansund. Duração: dois dias. Informações: Turismo da Noruega

              En Route to la Dolce Vita, em França e Itália

              Um passeio entre a Toscana e a Riviera Francesa ao volante de um desportivo clássico. Podemos pedir mais? Desta vez estamos a falar de uma road trip planeada, de uma experiência organizada pelos hotéis Four Seasons de Florença, Milão e Cap-Ferrat, já na Riviera Francesa. O que nos propõem é fazer essa viagem ao volante de um um icónico Mercedes-Benz 190 SL Cabrio, um Porsche 356 Speedster, ou o made in Italy Alfa Romeo Giulietta Spider de 1961. É assim que vamos explorar os tons ocres dos campos da Toscana, enquanto nos deliciamos com as muitas iguarias locais. É assim que chegamos a Milão para um pouco de cultura e shopping. E é assim que partimos em direção ao mar, passando por Portofino e entrando em França, pela Cote D’azur, sempre com o azul do Mediterrâneo por companhia.

              • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
              • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
                • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
                • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco

                  Como é organizado pelos hotéis, a ideia é que fique hospedado nas três propriedades e tenha acesso a todo o tipo de luxos ao longo da viagem (como ser acompanhado por um carro de apoio).  Por isso também fica uma experiência algo cara, mas se não se importar de dispensar mordomias como valet parking, piqueniques preparados por um chef, e o desportivo clássico (sniff, snifff) pode facilmente fazer a mesma viagem ao volante de um moderno veículo de aluguer. Por uma fração do preço.

                  Partida: Florença, Itália. Destino: Cap-Ferrat, França. Duração: 4 dias. Informações: Four Seasons

                  Em Portugal, pela melhor estrada do mundo

                  Não se esqueça de Portugal, pois muitos portugueses não conhecem verdadeiramente o nosso país e uma road trip pode bem ser a cura para esse desconhecimento. Ainda por cima temos a melhor estrada do mundo para conduzir —  World Best Driving Road — assim considerada pela Avis após um estudo científico com análise aos ratios curva/reta e coisas assim. Então, entre muitos pedaços de alcatrão analisados no mundo, a escolha recaiu na Nacional N222, que liga o Porto a Vila Nova de Foz Côa, em pleno Douro vinhateiro. E reparem que a escolha da estrada nem levou em conta as magníficas paisagens que o vale nos oferece, com os seus socalcos escarpados nas encostas descendo ao rio. É por aqui que começamos a viagem, com direito a gravuras rupestres e a souvenirs nas muitas quintas da região — para provar mais tarde, quando já não estiver ao volante.

                  • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
                  • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
                    • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco
                    • Road trips: Viagens inesquecíveis pela Europa | Unibanco

                      Depois, é seguir para sul, sempre pelo interior. A estrada conduz-nos pela Guarda e Belmonte até chegar à Serra da Estrela, terra da neve e dos queijos homónimos. Aproveite para pernoitar na Casa de São Lourenço,  Continuando pela zona raiana, não deixe de visitar Monsanto, que ostenta o título de “aldeia mais portuguesa de Portugal”, as duas Idanhas (a nova e a Velha), Castelo Branco, e Vila Velha de Rodão, onde o Tejo entra no país. A partir daqui sucedem-se as terras “além tejo”: Nisa, Crato, Alter do Chão, famosa pela coudelaria dos Lusitanos… Évora, Reguengos de Monsaraz, o Alqueva, Beja e Mértola com as escavações arqueológicas. Sempre a descer pelo Parque nacional do Guadiana até chegar ao Algarve, a Vila Real de Santo António, e a um merecido mergulho na Praia Verde.

                      Partida: Porto. Destino: Vila Real de Santo António. Duração: 5 dias. Informações: Turismo de Portugal