Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
Zara e a primeira coleção de jeans reciclados Zara e a primeira coleção de jeans reciclados

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados

A maior marca de moda a nível global procura dar uma ajuda ao planeta produzindo uns jeans sustentáveis.


Publicado em 09-Set-2019

A indústria da moda é uma das mais poluentes a nível mundial. Provavelmente a segunda mais poluente. Só em dióxido de carbono emite mais de 1,8 mil milhões de toneladas anualmente, isto sem falar na poluição provocada pelo tingimento ou pela indústria de curtumes, ou pelos 2,1 mil milhões de toneladas de “desperdícios” que todos os anos acabam em aterros sanitários – ou pior, a céu aberto e nos oceanos. Só para produzir duas peças tão básicas como uma t-shirt e umas calças de ganga são necessários 14 mil litros de água, pelo que o seu impacto num dos recursos mais críticos do planeta é extraordinário…  

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados | Unibanco

Mas não se prepare já para pôr a roupa de lado, até porque felizmente existem cada vez mais marcas a tentar reduzir a sua pegada ambiental e a tentar tornar a indústria um pouco mais sustentável. A Levis, por exemplo, tem sido um bom exemplo na racionalização dos recursos hídricos, desde o início da década – abrindo as suas descobertas a qualquer interessado –, e os esforços da H&M levaram a própria WWF, World Wide Fund for Nature, a reconhecer que estava a pôr em prática um plano ambicioso, como pode ver nas mais recentes coleções com preocupações ambientais da marca. Mas não são as únicas, longe disso, e agora juntou-se mais um nome de peso: Zara.

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados | Unibanco

A gigante espanhola é a maior marca de moda a nível global, e é especialmente salutar reparar nos esforços destes grandes nomes, porque o impacto das suas ações é obviamente proporcional ao tamanho.

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados | Unibanco

Por isso, da próxima vez que entrar numa loja da Zara procure pela etiqueta Join Life nas roupas. É esse o símbolo que identifica as peças produzidas utilizando os processos mais corretos e as matérias primas mais sustentáveis. Pode ter sido por reduzirem o consumo de água, da produção ao fabrico, em conjunto com a ONG Water.Org, ou por produzirem um algodão mais ecológico, com a OCA (Organic Cotton Accelerator), mas agora alguns dos jeans são inclusivamente produzidos com gangas recicladas, num exemplo perfeito de economia circular: têxteis que antes só iriam aumentar a poluição ganham uma nova vida e evita-se produzir (ainda) mais algodão.

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados | Unibanco

Para já, a Denim From Denim compreende apenas alguns modelos de jeans e tops, não é uma coleção especialmente grande, tal como a percentagem de ganga reciclada não é muito alta (15%), mas vai aumentar, tal como o número de peças. E o preço, 29,95 euros para os jeans, não difere em nada dos outros modelos. É um começo, tímido, mas que nos fica muito bem…tal como as roupas.

Zara e a primeira coleção de jeans reciclados | Unibanco